sexta-feira, 11 de abril de 2014

Dicas para a colocação de quadros e escolha de molduras


Uma das maiores dúvidas e dificuldades que percebo que os clientes tem, é a forma de colocar os quadros no ambiente. Seria muito difícil eu fazer aqui uma "cartilha" com regrinhas para a colocação de quadros. E digo a mesma coisa para a escolha do tipo de quadro e depois para a escolha da moldura.

Eu acho a escolha do quadro algo muito pessoal, nós como arquitetos podemos direcionar o cliente mas não impor um gosto, pois isso varia muito. Indicamos o tamanho, ou quantidades, ou tipo (gravura, pintura, poster, etc).

Depois do tipo de quadro escolhido, vamos para a escolha da moldura...colorida?? De madeira??? Preta ou branca? Com passepartour...ou sem??? A melhor coisa para decidir tudo isso é levar a gravura, pintura, etc na loja de moldura e ir testando tudo, comparar as opções e aí definir no olho mesmo. Não existe regra !!! É visual...gostei ou não gostei!!! É simples (ou não rsrs)!!!!

Dica legal: com o passepartour é possível aumentar o tamanho do quadro, dá para fazer do tamanho que quiser...




E outra coisa, NÃO PRECISAMOS NOS PREOCUPAR COM O MODELO DAS OUTRAS MOLDURAS QUE TEM NO AMBIENTE!!!! Elas não precisam combinar.

Bom acho que confundi mais a cabeça de vocês rsrs !!!!

Na verdade, eu tenho uma lista com algumas sugestões de coisas que podemos levar em consideração na hora de colocar os quadros. Mas veja bem, são apenas sugestões e não regras !!!
São as seguintes:
  • QUADRO NA PAREDE EM CIMA DO SOFÁ OU DA CABECEIRA: quando coloco quadros na parede em cima de sofá, não gosto que ele fique muito alto, então deixo de 15 a 30cm acima do encosto do sofá. Depende do tamanho do quadro e da parede que ele vai ser colocado. Tem que ir olhando e conferido a proporção.



Em cima da cabeceira da cama é a mesma coisa:




  • QUADRO EM CIMA DE UM MÓVEL TIPO APARADOR: quando coloco quadro em cima de um aparador, aí sim, em alguns casos dá para dividir a altura da parede e centralizar o quadro nela. Outra forma que fica legal é só apoiá-lo. Ou até misturar, alguns apoiados e outros pendurados. 




  • COMPOSIÇÃO DE QUADROS DIFERENTES: para fazer composições de vários quadros, gosto de coloca-los no chão e ir posicionando até achar a melhor forma para depois colocar na parede. Outro jeito de posicioná-los é cortando papelões do tamanho dos quadros e grudá-los na parede, arrumando a composição até achar a que fique melhor. Quando é possível, eu alinho as "bordas" da composição (alinho os quadros em cima, embaixo e nas laterais) claro que as vezes um quadro ou outro fica fora, mas não tem problema. Aí o ideal é centralizar essa composição na parede, como se ela fosse um quadro só. 



Podemos espalhar os quadros pela parede, aleatoriamente, sem alinhar bordas...mas também é interessante posicioná-los no chão ou com papelão antes.










  • QUANDO O CENTRO DA PAREDE NÃO É IGUAL AO DO MÓVEL ABAIXO DO QUADRO: quando ficamos na dúvida se centralizamos o quadro no móvel abaixo, ou na parede, pois não seria possível os dois, a melhor coisa é colocar mais de um quadro.





  • COMPOSIÇÃO DE SÉRIES OU COLEÇÕES DE QUADROS IGUAIS: se for fazer composição com alguma coleção ou série, acho legal sempre alinhar as bordas da composição toda. E aí sim nesse caso devemos fazer a moldura e passepartour iguais para todos os quadros - huuum mas numa quantidade grande de quadros ficaria interessante apenas um com a moldura diferente, em destaque!!! (pode acontecer dos quadros da mesma série não terem exatamente o mesmo tamanho, nesse caso devemos alinhar as bordas da composição como falei num item acima)





  • MISTURANDO TIPOS DE QUADROS: podemos misturar quadros com espelhos, ou tipos de quadros diferentes. Quadros com fotos também !!!!







  • QUANDO NÃO TEM MÓVEL EMBAIXO PARA DIRECIONAR A ALTURA DO QUADRO: quadros ou composições de quadros colocados em paredes que não tem nenhum móvel embaixo podem ser centralizados na altura dos nossos olhos, uma média de 1.60 a 1.70m. Mas isso pode variar se o quadro for muito grande ou a parede com pé direito duplo.

Enfim o que rege a colocação de quadros é simplesmente a HARMONIA!!!! Com ela conseguimos até valorizar quadros "sem graça" ou sem ela podemos "detonar" o ambiente.
A melhor coisa é olhar algumas imagens e se inspirar...e não ficar preso a regrinhas !!!!




















Duas imagens que adorei, uma do arquiteto David Bastos que foge totalmente a qualquer regra, e mesmo assim o ambiente ficou super harmonioso.
E outra do arquiteto João Mansur, que preza pela simetria.

imagens de casa.abril.com.br



Imagens de Achados de Decoração, Casa Atelier Blog & Shop, Atraiu meu olhar!, Blue is Bleu, Bright Bold & Beautiful, Camilla at Home, Casa da Anita, Chic & Posh, Home Design Decorating, Blog da Ines Junqueira, Interiors Porn, PopShop, Revista Casa e Jardim, Small Places Style, VT Interiors, Arquitrecos, Clique Arquitetura, House Of Turquoise, Juicy Santos, Moldura Minuto, Obravip.



Carol Campelo Festugato